O funcionamento do ego é muito misterioso. É muito difícil detectar suas várias formas de funcionamento. É necessário um intelecto sutil e aguçado e uma introspecção aguda para descobrir suas operações. Se você praticar a introspecção diariamente e discernir, será capaz de descobrir suas formas misteriosas de trabalhar.

Onde quer que haja ego, há egoísmo, gostos, aversões, arrogância, presunção, impertinência, Vasanas, Trishnas ou desejos, Vrittis e Sankalpas, apego à vida terrena de hipocrisia e à ideia do que atua e executor. Você deve ter uma compreensão clara se você deseja aniquilar esse ego. Somente esforços pacientes e sustentados podem lhe dar sucesso.

Este ego gosta do próprio local de nascimento, de sua própria província, do povo de sua província, de sua língua materna, de seus próprios parentes e amigos, de suas próprias maneiras de comer, de se vestir e coisas semelhantes. Ele tem suas próprias predileções e preferências. Ele não gosta das maneiras de comer, se vestir, etc. dos outros.

Este ego deseja exercer poder e influência sobre os outros. Ele quer títulos, prestígio, status, respeito, prosperidade, casa, esposa e filhos. Ele quer se engrandecer. Ele deseja dominar e governar sobre os outros. Se alguém apontar seus defeitos, sua vaidade se ofenderá. Se alguém o elogia, ele fica exultante. Assim, o ego diz: “Eu sei tudo. Ele não sabe de nada. O que eu digo é totalmente correto. O que ele diz está totalmente errado. Ele é inferior a mim. Eu sou superior a ele.” Ele força os outros a seguirem seus caminhos e pontos de vista. Estas são as modificações gerais do ego.

Esse ego ficará à espreita como um ladrão quando você começar a introspecção e a autoanálise. Isso vai escapar da sua compreensão. Você deve estar sempre alerta e vigilante. Se você obtiver a graça do Senhor por meio de Japa, Kirtan, oração e devoção, você pode facilmente matar esse ego. Somente por meio da graça do Senhor, sua auto-entrega se tornará perfeita. Quando esse ego se dissolver no Eu cósmico, você alcançará a comunhão com o Senhor por meio da Auto-realização.

Tente conhecer as formas e hábitos deste Ahankara (Ego) que tem sede de autoengrandecimento ou autoavanço, poder, posse de objetos e prazer. Mate este Ahankara ou egoísmo. Seja desinteressado. Concentre sua fé nas virtudes opostas, espírito de sacrifício e serviço como os princípios orientadores da vida. Imediatamente você terá uma vida espiritual rica e expandida.

Acenda os poderes de resistência. Mantenha o ideal positivo de serviço ativo à humanidade e amor puro. Gere a contra-corrente de energia Sáttvica positiva para combater as correntes descendentes e negativas de Vasanas. Mantenha-se em um estado positivo. Supere os pensamentos negativos nutrindo pensamentos divinos positivos. Levante-se da impureza, impotência e fraqueza de coração. Seja ousado, seja alegre sempre. Cultive Daivi Sampat como misericórdia, paz, perdão, tolerância, etc. Destrua Asuric Sampat como arrogância, egoísmo, orgulho, raiva, luxúria, etc. Você está fadado a alcançar a mais elevada bem-aventurança e conhecimento do Eterno.

Aspirantes ousados! Refugie-se em seu próprio Eu, a Alma Imortal. Seja firme em sua resolução. Trilhe o caminho da verdade e da retidão. Observe sua mente com muito cuidado. Seja vigilante e diligente. Discipline os turbulentos Indriyas (sentidos). Controle a língua e os desejos impuros. Você cruzará o oceano do Samsara e alcançará a imortalidade, a paz perene e a alegria.

Swami Sivananda

 

Saiba mais sobre o Curso de Formação do Café Yoga

Acesse: https://www.cafeyoga.com.br/formacaoonline/