1. Esteja alerta. Ore. Faça mais Japa. Pratique Vichara. Vigie sua mente. Fique em silencio.
Observe Mouna diariamente por uma hora. Esqueça e perdoa Suporta o insulto e as ofensas . Observa Brahmacharya.

2. Veja Deus em tudo. Submeta-se à vontade de Deus. Então você não poderá ficar com raiva.

3. De manhã, medite na virtude da paciência. Manifeste-se durante o dia. Faça um voto
‘Vou praticar resistência e Kshama (perdão) durante o dia’.

4. Fale docemente. Fale pouco.

5. Estejam juntos de outros um pouco. Tenha companhia agradável. Tenha Satsanga. Leia livros espirituais.

6. Lembre-se das vidas de santos como Ekanath, o Avanti Brahmin do 11º Skandha do Bhagavata. Você obterá inspiração. Você desenvolverá amor e Kshama.

7. Abandone as bebidas alcoólicas, carne e tabaco.

8. Lembre-se do Sloka do Gita (versos) descrevendo a raiva como monstro e um portão para o inferno. (Ch. III-37 e CH. XVI-21).

9. Se você achar difícil controlar a raiva, saia do lugar imediatamente. Dê uma longa caminhada. Beba água fria. Repita ‘Om Santi’ 10 vezes. Faça Japa de seu Ishta Mantra ou conte de 1 a 30 a Raiva vai diminuir.

10. Seja uma testemunha do Vritti (ondas mentais) da raiva. Seja indiferente a isso. Não se identifique com isso. Identifique-se com o Atman (Deus em você) Preencha a mente com idéias de amor, alegria, etc.

11. Desenvolva bastante a paciência. As pessoas perdem a paciência quando se tornam impaciente. Permita que a mente se concentre constantemente no oposto da raiva, a virtude da paciência. Esta é o Pratipaksha Bhavana, método dos Raja Yogins (praticantes de meditação)

12. Não dê vazão à raiva. Controle o corpo primeiro. Tenha o controle físico. Pratique isso mais e mais vezes. Seja regular em seu Japa, meditação e Kirtan. Isso vai te dar um grande força espiritual interior.

13. A comida tem muito a ver com irritabilidade. Tome leite, coma frutas, Moong-ki-dall, (feijão indiano) coalhada, espinafre, cevada, amendoim, leite com manteiga. Não coma cenoura, cebola, alho, couve-flor, Massoor-ki-dall e Drumstick uma espécie de vagem da Índia que parece um quiabo)

14. Observe Mouna por duas horas diárias. Ocasionalmente, observe Mouna por um dia inteiro. Isto irá colocar um freio no impulso da fala. Quando um homem fica animado, ele fala qualquer coisa e tudo. Ele não tem controle sobre o órgão da fala.

15. O Prana (energia) entrelaça a mente como uma trepadeira. O Pranayama leva ao controle da mente. Pranayama irá interromper o impulso da fala. Isso lhe dará energia abundante para controlar a raiva.

16. Não discuta muito. Não replique. Fale sempre docemente. Não use palavras abusivas. Torne-se um homem de palavras medidas. Se um homem abusar ou insultar você, fique quieto. Identifique-se com
Atman. O Atman é o mesmo em tudo. Nunca pode ser magoado ou insultado.

17. Um vedantino nega o corpo e a mente como invólucros ilusórios. Ele faz Vichara, questiona,
‘Quem sou eu’ e pratica ‘Neti-neti’ ‘não isto, não isto’. ‘Eu não sou corpo’. ‘Eu não me importo’. ‘Chidanandarupah Sivoham’. ‘Eu sou o bem-aventurado Siva ou Atman.’ Ele se identifica com Brahman ou Atman, o Eterno. O mundo é irreal para ele. Ele canta OM, canta OM e faz Japa do OM e medita sobre OM e obtém o poder da alma e a força espiritual.

18. Se você entretém Mithya Drishti, Dosha Drishti, se você olha os defeitos da raiva e os benefícios da paciência, você nunca ficará com raiva.

19. O método combinado é mais eficaz. Se um método falhar, use o método combinado. Faça Japa, Pranayama. Às vezes, faça Vichara.

Texto de Swami Sivananda Maharaj

 

Melhore sua vida com YOGA. Você merece esse bem estar interno que reflete totalmente no externo.

Entre em contato com a gente pelo e-mail: mkt@cafeyoga.com.br