A prática regular de yoga pode ajudar no alívio das dores de cabeça e da enxaqueca.

Se você tem tendência a sofrer com enxaquecas sabe que não se trata de uma dor de cabeça comum. A dor latejante em um lado da cabeça costuma ser acompanhada por náuseas, sensibilidade à luz e tonturas – e pode resultar em sentimentos de ansiedade.

Embora a medicação possa ajudar nos sintomas da enxaqueca, práticas que promovem a atenção plena, como a yoga, também trazem benefícios. A arte milenar fornece muito mais do que preparo físico: ela ajuda a promover calma e paz para a mente, para o corpo, ajuda a lidar com doenças, como ansiedade, depressão, aliviar dores, estresse e tensão – os dois últimos contribuintes para as dolorosas enxaquecas.

Pesquisas mostram consistentemente que a yoga pode ajudar com as dores de cabeça e enxaquecas, tornando-se uma excelente alternativa de tratamento sem efeitos colaterais. Isso porque a yoga é capaz de estimular o sistema nervoso e parassimpático, diminuindo a frequência cardíaca e a pressão arterial, atuando de maneira restaurativa para o corpo.

Praticar yoga faz com que nos aconcheguemos no aqui e no agora e, por meio das posturas e técnicas de respiração, é possível sentir calma e alívio não apenas das dores de cabeça como em todo o corpo.

Cada pessoa é diferente e você sempre deve consultar um médico caso a sua enxaqueca esteja afetando a sua qualidade de vida, mas estender o tapete de yoga pode ser um bom ponto de partida. Vamos praticar?

1. Postura da criança

Postura da criança (Arquivo Pessoal)
Postura da criança (Arquivo Pessoal)
  • Ajoelhe-se no tapete com os joelhos afastados na largura do quadril e os pés juntos atrás de você. Respire fundo e, ao expirar, leve a parte superior do corpo em direção ao chão
  • Leve os braços para a frente, alongando o pescoço e a coluna
  • Descanse a testa no chão e relaxe, inspirando e expirando, prestando atenção à respiração
  • Fique nessa postura de um a três minutos.

Benefícios

A postura da criança é uma ótima maneira de liberar a tensão da parte superior do corpo e abrir os ombros, as costas e a coluna, o que pode aumentar o fluxo sanguíneo para a cabeça. Além disso, apoiando a testa no chão, você está ativando pontos de pressão na testa que podem aliviar enxaquecas e dores de cabeça.

2. Postura do gato e da vaca

Postura do gato e da vaca (Arquivo Pessoal)
Postura do gato e da vaca (Arquivo Pessoal)
  • Comece em uma postura de quatro apoios, com os seus ombros sobre os pulsos e os quadris sobre os joelhos
  • Inspire lentamente e, ao expirar, arredonde a coluna e abaixe a cabeça em direção ao chão (essa é a postura do “gato”)
  • Inspire novamente, levando a cabeça, o peito e o cóccix em direção ao teto enquanto arqueia as costas para a postura da “vaca”
  • Faça o alongamento de um a três minutos.

Benefícios

Mover-se entre a pose de gato e da vaca não só alivia a tensão na parte superior do corpo, mas também aumenta o fluxo sanguíneo e a circulação. Isso traz mais oxigênio para o cérebro, o que pode ajudar a aliviar um pouco a dor de cabeça.

3. Postura da pinça

Postura da pinça (Arquivo Pessoal)
Postura da pinça (Arquivo Pessoal)
  • Sente-se sobre o seu tapete com as costas retas e as pernas alongadas para a frente
  • Exale e dobre o corpo para frente, tocando as pontas dos pés com as mãos
  • Depois, agarre os dedos dos pés e descanse a frente na parte superior das panturrilhas ou sobre os joelhos
  • Mantenha a posição durante 10 segundos e descanse. Procure completar oito ou 10 repetições.

Benefícios

Essa postura alonga a coluna e abre os ombros, o que alivia um pouco da tensão frequentemente associada às dores de cabeça. Além disso, as dobras para a frente ajudam a parte superior do corpo e o pescoço a relaxarem totalmente para que a cabeça descanse nas pernas sem nenhum esforço.

4. Postura da borboleta deitada

Postura da borboleta deitada (Arquivo Pessoal)
Postura da borboleta deitada (Arquivo Pessoal)
  • Deite de costas
  • Dobre os joelhos, mantendo as solas dos pés no chão
  • Abra os joelhos para os lados, aproximando as solas dos pés
  • Seus braços podem estar em qualquer posição confortável: acima da cabeça, relaxados ao lado do corpo ou apoiados nas coxas são algumas opções
  • Fique nessa posição alguns minutos enquanto a gravidade trabalha para aprofundar seu alongamento. Respire naturalmente durante toda postura
  • Se você estiver praticando-a em casa, defina um cronômetro para cinco ou 10 minutos para que você possa relaxar completamente.

Benefícios

A postura da borboleta deitada é uma postura relaxante e restauradora. Para praticá-la você deve ter um bom apoio no tapete e estar confortável. Você pode usar essa postura no final de uma sessão de yoga, pela manhã ou à noite, para começar ou terminar o dia.

5. Postura do bebê feliz

Postura do bebê feliz (Arquivo Pessoal)
Postura do bebê feliz (Arquivo Pessoal)
  • Deite-se de costas
  • Com a cabeça apoiada no tapete, dobre os joelhos em direção ao peito em um ângulo de 90 graus. Vire as solas dos pés em direção ao teto
  • Estendendo o braço, segure a parte interna ou externa dos pés. Afaste os joelhos, movendo-os em direção às axilas
  • Flexione os calcanhares na mão e balance suavemente de um lado para o outro (como um bebê feliz)
  • Permaneça nesta posição por várias respirações, inspirando e expirando profundamente.

Benefícios

A postura do bebê feliz, além de ajudar a alongar a parte interna das coxas, quadris e virilha, também ajuda a reduzir a dor lombar, aliviar o estresse e a ansiedade e ainda a melhorar o cansaço e a fadiga.

6. Savasana

Savasana (Arquivo Pessoal)
Savasana (Arquivo Pessoal)
  • Deite-se em um tapete de yoga, edredom ou até mesmo no chão e comece se espreguiçando como se estivesse acabado de acordar
  • Feche os olhos se preferir e inale e exale profundamente. Solte cada tensão do seu corpo e deixe-o içar pesado em direção à terra, se permitindo relaxar e aproveitar esses minutos sem expectativas e julgamentos
  • Leve as mãos sobre o coração se preferir e preste atenção na sua respiração.

Benefícios

Quando você está em savasana, todo o seu corpo está completamente relaxado e apoiado no solo. Essa liberação pode ajudar a reduzir a enxaqueca, junto com a respiração profunda que acompanha a postura, aumentando o oxigênio para o cérebro.

 

Por Priscilla Leite, professora e percussora do Yoga online no Brasil

https://www.minhavida.com.br/fitness/materias/37620-6-posturas-de-yoga-para-aliviar-dores-de-cabeca

 

Se aprofunde nesse universo de possibilidades. Faça uma aula experimental com a gente. Envie um e-mail para mkt@cafeyoga.com.br