O Dia de Nossa Senhora Aparecida é comemorado em 12 de outubro e é a data que homenageia a padroeira do país.

O dia 12 de outubro foi escolhido para o feriado, pois a data já abrigava outros fatos importantes, como a chegada de Cristóvão Colombo às Américas, em 12 de outubro de 1942, e no ano de 1822, no mesmo dia, após a independência do Brasil, a nação ganhou seu primeiro imperador, Dom Pedro I.

Devido à importância que esta santa possui no país, em 1946 foi iniciada a construção de um santuário dedicado a Ela no estado de São Paulo, na cidade de Aparecida.

História de Nossa Senhora Aparecida

De acordo com a lenda, no ano de 1717, pescadores lançaram suas redes no Rio Paraíba do Sul, com o objetivo de pescar peixes grandes para um jantar especial para o Conde de Assumar.

Eles tentaram muito, mas não estavam conseguindo pescar nada. Quando já estavam quase desistindo, um pescador chamado João Alves, apanhou uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, primeiro o corpo e depois a cabeça, e enrolou-a em um manto. Em seguida, as suas redes que até então vinhas vazias, abundavam em peixes.

Dezessete anos depois do achado, foi construída a primeira capela que rapidamente se tornou um ponto de peregrinação para os viajantes.

Em 1868, a Princesa Isabel ofertou um manto azul e uma coroa cravejada de diamantes à imagem.

Nossa Senhora da Conceição Aparecida, foi proclamada Rainha do Brasil e sua Padroeira Oficial em 16 de julho de 1930, por decreto do Papa Pio e, 50 anos depois, foi decretado oficialmente que o dia 12 de outubro seria feriado oficial no país.

No Dia de Nossa Senhora Aparecida também é celebrado o Dia das Crianças.

No dia 12 de outubro de 1923, o Rio de Janeiro, então capital federal, sediou um evento que reuniu estudiosos de infância e políticos de vários países. Era o Congresso Sul-Americano da Criança, cuja pauta discutia questões educacionais, alimentares e de desenvolvimento.

Fontes: https://www.calendarr.com/brasil/nossa-senhora-aparecida/
https://www.bbc.com/portuguese/geral-45783342

 

Nesse dia que comemoramos o Dia das Crianças, que tal pensar em inseri-las na Yoga?

Quando se pensa em atividades enriquecedoras para os pequenos, é comum decidir por um esporte ou um curso. No entanto, há mais uma alternativa que precisa ser considerada para aprimorar a vida delas: a yoga. Escolas de todo o mundo já aderiram a minutos da prática durante o período das aulas. A yoga ajuda na autoestima da criança e é ótima para realizar em grupo, pois instiga a colaboração mútua. Só o fato de não ser competitiva faz com que os participantes se sintam mais à vontade para interagir. Música, histórias e jogos são métodos lúdicos utilizados pelos professores. Além disso, todo asana é pensado exclusivamente nas necessidades de cada idade.

Realizar todas as posturas requer muito foco. A prática constante de yoga ajuda as crianças a terem mais concentração, não só durante as aulas, mas também na escola. Assim como qualquer outra atividade que precise de atenção e disciplina, a yoga é capaz de auxiliar na melhora desse quesito e, consequentemente, no equilíbrio corporal e emocional.

As crianças também sofrem com ansiedade e estresse. A correria do dia a dia e a rotina puxada de atividades escolares faz com que os pequenos desenvolvam esse tipo de problemas. A yoga é uma ótima opção para crianças que estão com esses transtornos, pois ela é capaz de acalmar a mente, diminuir os batimentos cardíacos, controlar a respiração, aliviar o estresse e aumentar a qualidade de vida.

É comum que os pais matriculem os filhos em diversas atividades competitivas, como futebol, vôlei, natação, entre outros. No entanto, nem tudo na vida precisa ser conduzido pela competitividade. Um dos grandes méritos da yoga para crianças é ensinar que cada um é diferente, com formas diversas de se conduzir. Não dá para vencer ou perder na yoga, pois todos seguem o mesmo caminho de forma igualitária.

A prática permanente de yoga ajuda as crianças a terem mais flexibilidade. As posturas realizadas durante as aulas, além de trabalharem as articulações, também são ótimas para auxiliar no crescimento. Ter flexibilidade é bom para prevenir futuras lesões. Assim como os adultos, as crianças levam um tempo para se adaptar a cada ásana, mas com a vantagem de serem mais flexíveis por conta da idade.

A respiração é um ponto importante na yoga. Para ter um bom resultado, é preciso que ela esteja em harmonia com o momento. O pranayama (respiração) diminui a ansiedade, traz paz e tranquilidade e liga o corpo e a mente. Nota-se que, com o passar do tempo, as crianças dormem melhor e ficam mais calmas.

A expressão “namastê” significa “a essência que habita em mim saúda a essência que habita em você”. Esse lema, fundamental para a yoga, sinaliza o quanto ela ensina sobre empatia. A capacidade de se enxergar no outro e sentir o que ele sente é fundamental para quem vai formar a sociedade do futuro. Com tantos problemas em diversos aspectos, é essencial que essa geração de profissionais tenha mais empatia.

A yoga se fundamenta em conectar a pessoa com o próprio corpo. Isso é bastante valioso para os adultos e também para as crianças. Por estarem em fase de formação, isso é ainda mais importante. Além de ajudar as crianças a se conhecerem melhor, a yoga possibilita que enxerguem os limites e consigam trabalhar a favor de expandi-los.

Um dos conceitos da yoga é o respeito. Viver em harmonia com você mesmo, com seu próximo e com o meio ambiente é uma lição que a prática ensina. Ao realizar yoga, seu filho crescerá com a consciência da importância de amar o seu semelhante e a cuidar de tudo o que tem em volta.

Desenvolver a autonomia das crianças é algo bastante valioso, pois pode contribuir para diversas áreas da vida delas. A yoga é uma ótima forma de potencializar esse aspecto, uma vez que será um momento vivido por elas em equilíbrio com si próprias.

As crianças também precisam de atividades para as estimularem. A motivação é muito importante para que tenham sucesso nas atividades da escola e fora dela. A prática da yoga oferece o equilíbrio necessário para sentirem o que é importante por meio da concentração e disciplina. Isso é importante não só para essa fase da vida como também para as que vierem a seguir. Agora que você já conhece a importância da prática da yoga para crianças e os benefícios, considere incluir essa atividade no dia a dia dos pequenos. É valioso combater a ociosidade com uma programação enriquecedora e é ainda melhor fazer isso com algo tão completo como a yoga. É durante a infância que muitos dos conceitos do ser humano são formados, tanto físicos quanto emocionais. Portanto, isso faz com que seja a fase ideal da vida para começar a aproveitar os benefícios da yoga para crianças, tanto para a saúde quanto para o e bem-estar.

Fonte: https://namu.com.br/portal/corpo-mente/yoga/beneficios-da-yoga-para-criancas/

 

Se tiver interesse em saber mais sobre como inserir as crianças na yoga, entre em contato com a gente pelo e-mail: mkt@cafeyoga.com.br