Temos consciência de que a respiração é autônoma.

Não precisamos pensar para respirar — a respiração faz todo o seu trabalho por conta própria.

Porém, nós sabemos como ela pode oscilar de acordo com o nosso estado emocional, e o contrário também é verdadeiro, a respiração é capaz de afetar nosso estado emocional como apontam pesquisas científicas recentes.

Há séculos, os yogues usam o controle da respiração para promover a concentração e melhorar a vitalidade através das técnicas de pranayama — palavra em sânscrito que significa controle e expansão (ayama) da energia vital (prana), pranayama é um dos oito pilares do yoga.

A ciência está apenas começando a fornecer provas de que os benefícios dessa prática antiga são reais.

Esses estudos descobriram, por exemplo, que as práticas respiratórias podem ajudar a reduzir os sintomas associados à ansiedade, insônia, transtorno de estresse pós-traumático, depressão e transtorno de déficit de atenção.

Três exercícios de respiração:

1. Respiração coerente – Adhama Pranayama

Se você tiver tempo para aprender apenas uma técnica de pranayama, deve ser essa.

Em uma respiração coerente, o objetivo é respirar em um ritmo de cinco respirações por minuto, o que geralmente se traduz em inalação e exalação até a contagem de seis.

Se você nunca praticou exercícios de respiração antes, talvez você precise trabalhar com esta prática lentamente, começando pela inalação e exalação até a contagem de três e então ir progredindo até a contagem de seis.

1. Sentado, de pé ou deitado, coloque as mãos na sua barriga, na altura do umbigo.

2. Inspire pelas narinas lentamente, expandindo sua barriga, até a contagem de cinco.

3. Pausa.

4. Expire pelas narinas lentamente até a contagem de seis.

5. Seguindo o seu ritmo tente praticar esse padrão por 10 a 20 minutos por dia.

2. Respiração anti-estresse – Kapalabhati Pranayama

Quando sua mente está correndo ou você se sente tenso, tente essa respiração, que tem o benefício adicional de fortalecer seu core.

1. Sente-se diretamente no chão ou na borda de uma cadeira, mantenha a coluna ereta.

2. Coloque as mãos na sua barriga.

3. Ao inalar pelas narinas, seu abdômen deve ir se projetando a frente.

4. Expire de uma vez só, expulsando todo o ar pelas narinas, puxando o umbigo pra dentro.

5. Repita a inalação, seguida exalação vigorosa 20 vezes.

3. Respiração energizante HA – Pranayama

1. Fique em pé, cotovelos dobrados, palmas voltadas para cima.

2. Ao inalar, vá com os cotovelos para trás, as palmas continuam voltadas para cima.

3. Então a exalação acontecerá pela boca, como se você falasse um “HA” em voz alta, a exalação deve acontecer de forma rapida, enquanto exala empurre as palmas para a frente e girando-as para baixo.

4. Repita de 10 a 15 vezes.

Fonte: https://www.awebic.com/geral/pranayama/

 

Melhore sua vida com YOGA.

Entre em contato com a gente pelo e-mail: mkt@cafeyoga.com.br