Shiva é um dos deuses supremos do hinduísmo, conhecido também como “o destruidor e regenerador” da energia vital; significa o “benéfico“, aquele que faz o bem.

Shiva também é considerado o criador do Yoga (Ioga), devido ao seu poder de gerar transformações, físicas e emocionais, em quem pratica a atividade.

De acordo com a doutrina hindu, o deus Shiva pertence a uma Trindade chamada de Trimûrti, formada por Brahma, o deus da criação; Vishnu, o deus da preservação; e Shiva, como o deus da “destruição e regeneração”.

Fazendo uma comparação com a Santíssima Trindade no catolicismo, por exemplo, Brahma seria o “Pai”, Vishnu o “Filho”, e Shiva o equivalente ao “Espírito Santo”.

Shiva é representado por uma figura masculina, normalmente sentado na posição de lótus (com as pernas cruzadas), tradicional posição da ioga.

É caracterizado por possuir quatro braços: dois pousados sobre as pernas, o terceiro segurando um tridente (trichula, que simboliza a trindade Trimûrti), e o quarto está segurando um tambor em forma de ampulheta que representa o ritmo da vida determinado por sua música.

Na cabeça do deus Shiva existe um jarro de água, que representa o poder deste elemento natural que foi concedido aos homens, e que segundo os hindus simboliza o rio Ganges, na Índia.

Segundo a lenda, Shiva nunca cortava os seus longos cabelos, que seriam a fonte de todo o seu poder e energia.

Na testa, a figura mitológica do deus Shiva tem um terceiro olho (conhecido como o “Olho de Shiva“) que simboliza a inteligência e o fogo destrutivo da renovação. Sobre a cabeça de Shiva ainda está uma lua crescente, que significa a renovação constante da natureza.

O deus Shiva, quando aparece acompanhado de Parvati, sua esposa (shakti), possui também a simbologia do “dualismo do Universo”, do “masculino” e do “feminino” em união. Ou seja, Shiva também é o deus da fertilidade, quando apresentado com Parvati.

Como deus da fertilidade, Shiva é representado pelo Linga (órgão reprodutor masculino) e Parvati pelo Yoni (órgão reprodutor feminino). O “Shiva linga” simboliza a materialização da energia vital que existe dentro do corpo de todo o ser vivo.

Shiva e Parvati tiveram um filho chamado Ganesha, um deus muito adorado na Índia e que, segundo o Hinduísmo, traz fortuna e riquezas.

Fonte: https://www.significados.com.br/shiva/

Mahadeva Shiva Shambo

Jaya jaya shiva shambo
Jaya jaya shiva shambo
Jaya jaya shiva shambo
Jaya jaya shiva shambo

Máha Déva Shambo
Máha Déva Shambo
Máha Déva Shambo
Máha Déva Shambo

Shiva Shiva Shambo
Shiva Shiva Shambo
Shiva Shiva Shambo
Shiva Shiva Shambo

Máha Déva Shambo
Máha Déva Shambo
Máha Déva Shambo
Máha Déva Shambo

Viva o senhor supremo
Viva o senhor supremo
Viva o senhor supremo
Viva o senhor supremo

A um auspicioso que traz felicidade e alegria, que habita nos corações de todos
A um auspicioso que traz felicidade e alegria, que habita nos corações de todos
A um auspicioso que traz felicidade e alegria, que habita nos corações de todos
A um auspicioso que traz felicidade e alegria, que habita nos corações de todos

Senhor supremo da felicidade
Senhor supremo da felicidade
Senhor supremo da felicidade
Senhor supremo da felicidade

A um auspicioso que traz felicidade e alegria, que habita nos corações de todos
A um auspicioso que traz felicidade e alegria, que habita nos corações de todos
A um auspicioso que traz felicidade e alegria, que habita nos corações de todos
A um auspicioso que traz felicidade e alegria, que habita nos corações de todos

Se aprofunde nesse universo, envie um e-mail para mkt@cafeyoga.com.br