Hoje, uma das personalidades espirituais mais importantes da Índia contemporânea abandonava o veículo material para fundir-se com a Luz Maior!

Ela que não teve Guru ou educação religiosa formal, semialfabetizada, de família simples e pobre, desponta e brilha como uma das personalidades místicas mais inspiradoras e misteriosas da Índia moderna.

Hoje, 27 de agosto, celebra-se o Mahasamadhi (morte em consciência Divina) de Sri Ananda Mayi Ma.

A santa viajou por toda Índia abrindo centros de Meditação e Serviço Devocional, sua experiência incomum, marcada por êxtases divinos e por sua beleza radiante, atraíram não apenas hindus, mas devotos de outras fés.

Pode ser nomeada com Loka Guruji – já que sua influência espiritual não se restringiu à Mãe Índia, mas espalhou-se por todo o mundo [Loka].

A essência de seus ensinamentos não está atrelada ao tempo, e prosseguem atuais até hoje:

“Encontrar-se é encontrar Deus, e encontrar Deus é encontrar a si mesmo”

Certamente um dos elogios mais inspirados a respeito desta Grande Santa veio de outro Colosso Espiritual, louvado e celebrado aqui.

Swami Sivananda a chamou de a flor mais pura que já apareceu na terra da Índia.

Louvamos os pés de lótus da Mãe Permeada de Alegria!

Jaya Ma!

 

Se aprofunde nesse universo, envie um e-mail para mkt@cafeyoga.com.br